O Braço Direito de Zé Dirceu


O Globo desta quarta.

Ex-presidente diz que Sereno atuava na Refer

O ex-presidente da Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social - Refer, Jorge Moura acusou ontem o ex-assessor da Casa Civil Marcelo Sereno de tentar articular uma operação para terceirização da carteira de títulos públicos da Refer, avaliada em R$ 1,4 bilhão, como revelou ontem Tereza Cruvinel, no GLOBO.

A proposta previa a venda dos títulos para oito bancos (Banco Santos, BMC, Westlb, HSBC, Pactual, Banif Primus, Banco do Brasil e Itaú). A CPI dos Correios investiga operações feitas por 11 fundos de pensão mantidos por estatais.

(manhã)

<< Home