MBL Sobre Fundos de Pensão e a Matéria da Isto É:


Existem 2 pontos cruciais na reportagem:

1) É público e notório a implicância de Gushiken com Daniel Dantas, o que poderia ter alavancado o preços das ações do Citi, considerando ainda que os atuais dirigentes da PREVI não possuem um bom background educacional e portanto teriam sido "ludibriados" pelo Citi... Sabe explicar a formação do preço e da atualização prevista em contrato? Pareceu-me algo tão absurdo que só pode ser (a) burrice (b) favorecimento pessoal ou (c) uma operação muito estúpida do Citi com financiamento de extra-caixa do PT...

2) Se de fato existe um documento dizendo que independente de qualquer órgão regulador, a PREVI arcaria com a dívida, a SPC deveria decretar intervenção imediata! É o cúmulo do absurdo ter um documento formalizando que uma administração irá ignorar as regras estabelecidas! Isso é normal no PT, mas à luz do respeito às instituições... é inaceitável!!! Onde está o xerife petista da SPC, que pune administradores do escândalo do Banco Santos com mais de 1 ano de atraso para criar desculpas esparrafadas? Pior de tudo... vão colocar um interventor de onde, a essa altura? Do PT... ? Parece que não tem saída... estou com pena dos aposentados e funcionários do BB! Entraram pelo cano mais uma vez!!!

Em tempo, quebra de sigilo dos fundos só poderá identificar desvios diretos... mais difíceis de comprovar. É necessário um outro tipo de análise, que demanda muitas frentes... O caminho das pedras nessas situações é iniciar entrevistas com gerências e supervisões e ir montando o quebra cabeça... infelizmente isso demanda muito tempo... e conhecimento! Acredito que a CPMI consiguirá fatos concretos mais rapidamente, se receber denúncias...

<< Home