Juíza


Quase ninguém entendeu a crise de nervos da deputada Denise Frossard ontem na CPI acusando o PT, o PSDB e o PFL de fazerem acordo sobre a crise. Quem acha que entendeu diz que são duas as causas:

1) Denise ainda não entendeu que é deputada e a cada reunião da CPI quer dar aulas de juíza. A CPI investiga, oferece provas à acusação -MP...- e decide politicamente. A justiça julga em cima dos fatos investigados e inquérito fechado. Ela ainda não entendeu isso, e quer dar aulas de magistratura a seus pares.

2) Vaidade. A juíza-deputada é muito vaidosa e como está em eclipse na CPI, pelas razões anteriores, perdeu o controle. Pura vaidade, dizem.

(manhã)

<< Home