Guaranhuns ou Garanhuns?


Estado de Minas.

Ex-sócio admite amizade

O empresário Lúcio Funaro, criador da empresa Guaranhuns, admite relacionamento com o ex-diretor do BB Ricardo Sérgio, investigado por suspeita de corrupção na privatização das teles.

O empresário do mercado financeiro Lúcio Bolonha Funaro, 31 anos, que criou a empresa Guaranhuns, admitiu conhecer o ex-diretor do Banco do Brasil Ricardo Sérgio de Oliveira, 60 anos. “Jogo tênis com ele, almoço com ele, às vezes janto com ele. Sou amigo dele. Não tenho por que negar”, afirmou.

A Guaranhuns apareceu nas investigações do esquema de caixa 2 do PT, por ter sido beneficiária de saques de mais de R$ 6 milhões de uma conta no Banco Rural movimentada pela SMPB, do empresário Marcos Valério.

Conforme revelou ontem o ESTADO DE MINAS, os rastros da Guaranhuns seguidos pela Polícia Federal e pela CPI do Mensalão indicam que o ex-diretor do BB é o verdadeiro dono da off shore Estfort Trading, sediada no Uruguai. Ela detém, desde 2002, 99% das cotas da Guaranhuns. O outro 1% está nas mãos de José Carlos Batista, procurador legal no Brasil. Para a Polícia Federal, ele não passa de testa-de-ferro dos verdadeiros donos.

<< Home