Gianelli Alega Risco de Vida e Pede Sessão Secreta! Para Falar!


Gianelli diz que está sendo ameaçado e CPI passa a ouvi-lo em sessão fechada

O Globo

O depoimento do advogado Enrico Gianelli, que prestou serviços à Gtech, empresa especializada em informatização de loterias, e é acusado de ser o principal intermediário no contato de Rogério Tadeu Buratti com a Caixa Econômica Federal (CEF) para a renovação de um contrato de R$ 260 milhões, acaba de ser suspenso por dez minutos na CPI dos Bingos.

A interrupção aconteceu porque Gianelli disse que tem sido ameaçado, mas só aceitou dar detalhes em uma sessão fechada. Ele será ouvido sem a presença da imprensa. Em seguida a CPI ouve Juscelino Dourado, chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Antônio Palocci.

<< Home