FHC em Campo


Que soma mais apoios políticos é verdade. Mas que tem um desgaste grande de opinião pública, idem.Nas mesmas condições de partida, FHC é um risco maior de chegada.

Trecho de matéria da FSP.

FHC já pensa na eleição de 2006 como candidato

FHC busca tirar proveito da autofagia entre os presidenciáveis tucanos José Serra, e Geraldo Alckmin, para que seja o candidato do PSDB em 2006 e volte ao Palácio do Planalto em 2007.Em conversas com políticos do PSDB, PMDB e PFL nas últimas semanas, FHC deixou claro que deseja ser uma "terceira via" entre Serra e Alckmin, que se digladiam nos bastidores. Avalia que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não terá condições de se candidatar e que, se o fizer, acabará sendo derrotado por um tucano. Diferentemente do comportamento pré-crise, quando dizia que cobiçava apenas arbitrar a disputa tucana, FHC passou a cogitar uma terceira candidatura -governou de 1995 a 2002.

Ao fazer análises sobre a situação política, FHC primeiro acredita que a crise tem uma dinâmica de imprevisibilidade que só prejudica o governo. "Eles não têm estratégia. Perderam o controle." "Só posso disputar se houver o caos", afirmou a um amigo. Sua avaliação da crise prevê que esse cenário já está se materializando. "Tenho condições de reunir maior apoio político e empresarial".

(manhã)

<< Home