Ferreira Gullar


ISTOÉ – Em um artigo na Folha, o sr. disse que este é o primeiro e único mandato de Lula. Mas as pesquisas mostram que ele é forte candidato.

Gullar – Eu disse que era minha modesta opinião. Não sou dono da verdade. Mas não há dúvida de que o desgaste que o PT está sofrendo, o desmoronamento e a desmoralização do partido, torna muito difícil a reeleição de Lula. Com o que ele vai fazer essa campanha? Com esse partido? Sob a bandeira da ética? Uma coisa é o prestígio pessoal do Lula, outra é o embate nas eleições. Acho difícil ele se eleger, não estou dizendo que não se elege, mas vai ter de fazer uma campanha baseada só nele mesmo. No PT é que não.


(tarde)

<< Home