Eles Mentiram


Cartas públicas trocadas entre Lula e Dirceu na saída deste do ministério.

16/06/2005 - divulgada pelo O Globo-Online às 20hs e 09', Carta de Despedida de Dirceu.

"Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Querido companheiro e amigo.
Diante dos graves ataques desferidos nos últimos dias ao nosso governo, ao nosso partido e a mim mesmo, decidi pedir-lhe meu afastamento das funções de ministro de Estado Chefe da Casa Civil, para reassumir meu mandato na Câmara dos Deputados.

Como parlamentar, junto a meus companheiros, estou seguro de que poderei esclarecer todos os temas que ora ocupam atenção da opinião pública de meu país, rebatendo ponto por ponto aqueles que tentam agredir o Executivo, o Partido dos Trabalhadores e a minha pessoa.
.......
A luta continua. Receba, querido presidente, meu reconhecimento e amizade.
José Dirceu de Oliveira e Silva."

Carta do Presidente:

"José Dirceu de Oliveira e Silva, Ministro de Estado, chefe da Casa Civil. Querido Zé,
Recebi seu pedido de afastamento das funções de chefe da Casa Civil. Decidi aceitá-lo, louvando seu desprendimento pessoal. Só pessoas de sua grandeza são capazes desses gestos. Compartilho seu sentimento de que esta decisão permitirá a você melhor defender nosso governo, nosso partido e sua própria pessoa.

Como parlamentar brilhante que é --um dos líderes políticos mais importantes e respeitados da República-- você poderá, na Casa do povo brasileiro, desfazer as infundadas acusações lançadas por aqueles que querem desconstruir nossa história e nosso projeto de mudança social.

Esta é uma ocasião para expressar meu apreço por sua lealdade, dedicação, competência e honestidade no trato da coisa pública, como ministro-chefe da Casa Civil.

Como você mesmo diz em sua carta, a luta continua.

Luiz Inácio Lula da Silva ".

(tarde)

<< Home