E O Ex-Ministro Humberto Costa, O Que Diz ?


Nada sabe? Nada viu?

Documento revela esquema de corrupção na Anvisa

‘Estado-SP’ teve acesso a lista detalhada com o controle das liberações, empresas e políticos que seriam beneficiados

Sob o comando de apadrinhados do PP, funciona na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um esquema de favorecimento na liberação de produtos farmacêuticos e cirúrgicos. A denúncia é de assessores do PP, donos de empresas do ramo e integrantes da Máfia dos Vampiros, que relataram ao Estado como funciona o suposto esquema.

Sob exigência de anonimato, ex-funcionários da agência entregaram à reportagem uma lista detalhada com o controle dos produtos liberados, as empresas beneficiadas e os políticos interessados na liberação. O documento é um inventário minucioso do esquema que funcionaria dentro da Anvisa. A responsável pelo controle é uma assessora de Victor Hugo Travassos, diretor da Anvisa, indicado para o cargo pelo líder do PP, José Janene (PR) - acusado de ser um dos operadores do mensalão e de coordenar esquemas de corrupção em estatais. Travassos continua na Anvisa, mas a assessora saiu em 2004. O mapeamento feito pela assessora revela que a suspeita de Janene estava certa. Políticos sem ligação com o PP teriam tentado burlar o esquema e influenciar na aprovação de produtos. No inventário, aparecem os deputados Cabo Júlio (PMDB-MG) e Almir Sá (PL-RR), além da "liderança do PMDB". Segundo um assessor do PP, o registro é referência ao deputado José Borba (PMDB-PR), líder do partido até ser envolvido nas denúncias do mensalão. Borba teria encaminhado o pedido em 19 de março do ano passado.

Um assessor próximo a Janene conta que o principal operador do favorecimento na liberação de produtos é João Cláudio Genu, chefe de gabinete do deputado. "Ele ia na jugular das empresas", afirma. Genu também seria o responsável pela logística do mensalão dentro do PP e sacou R$ 4,1 milhões das contas do empresário Marcos Valério. Um ex-funcionário do PP acusa Genu de achacar as empresas do ramo tanto para liberar seus produtos quanto para reter a aprovação de produtos de concorrentes.

(manhã)

<< Home