Dirceu Tropeça


Dirceu tropeça numa pergunta do relator e se diz inocente como se estivesse depondo como réu.

Tropeça em seguida não querendo admitir que tinha função básica junto ao presidente. Um policial disse que com isso quer proteger Lula no caso de ficar demonstrada a sua culpa. O relator insiste na pergunta, por isso.

Dirceu escorrega: - Nunca descumpri uma ordem do presidente - e nega que Jeferson falou com ele.

Em seguida não nega que Jeferson falou com outros ministros, e empurra para a responsabilidade que o deputado teria de abrir processo na Câmara como se fosse argumento.


Relator diz - antes de outra pergunta - que o deputado Dirceu vai negar, sublinhando a tática do depoente.

(tarde)

<< Home