Deus Sabe Lá Mais o Que


Clovis Rossi , Folha de São Paulo, alguns trechos.

Mas há outros crimes: remessas ilegais de dinheiro para o exterior, sonegação fiscal e sabe Deus o que mais acabará aparecendo a cada depoimento. O do publicitário do rei mostra que não foram apenas deputados os beneficiados pelo valerioduto. Foi o próprio presidente da República, cuja propaganda foi paga com esse dinheiro. Pior: não foram pagamentos feitos durante a campanha e, portanto, antes da Presidência de Lula, mas depois da posse e depois de a agência de Duda ter obtido contratos de publicidade do governo.

Duda destroça também slogan caro ao governo, o de que não rouba e não deixa roubar. Deixa sonegar, sim, senhor, e sonegação é roubo. Mais que deixar sonegar, estimula a sonegação, na medida em que o tesoureiro do presidente pede que o marqueteiro do presidente abra uma conta no exterior para receber seu pagamento, naturalmente "por fora".

(manhã)

<< Home