Despencam Investimentos na Bolívia como Reflexo da Crise Política


Os investimentos estrangeiros secaram no setor energético boliviano e voltaram a seu mais baixo nível em uma década, devido aos novos impostos sobre investidores estrangeiros. O investimento total no setor nos primeiros seis meses do ano foram de US$62,5 milhões. Os investimentos na exploração caíram para apenas US$7,5 milhões. Em 98, quando o setor foi privatizado, os investimentos estrangeiros chegaram a US$600 milhões. O nível de investimento atual é equivalente ao do início dos anos 90.

Isso é resultado da crise política boliviana provocada pela questão do gás natural. A Bolívia tem a segunda maior reserva de gás natural no continente depois da Venezuela. O imposto passou a ser de 32% na produção no poço além das royalties de 18%.

(tarde)

<< Home