Delúbio Falando


1. Delúbio explica que não pediu licença do PT mas, sim, do cargo de tesoureiro. E que não pretende sair do PT. Mostrou segurança na resposta. Delúbio já está suando um pouco na testa, enrolando o cabelo próximo a testa. Ex-delegado diz que ele está chegando ao ponto de irritação o que facilita tirar informações com perguntas em busca de detalhes e contradições para posterior investigação.

2. Delúbio re-confirma que o volume de empréstimos do PT alcança 50 milhões. E diz com firmeza. Isso contraria o que quer entender a nova direção do PT. Valério deve estar sorrindo outra vez e abrindo outra champagne.

3. Deixou de ser candidato a deputado em 2002 a pedido de Lula e outros.

4. Confirma o empréstimo interno do PT a Lula e diz que foi antes de ser presidente. Falou isso além do que lhe foi perguntado. Sublinhe-se isso.

(tarde)

<< Home