Delúbio Falando


1. Nega que tenha feito articulação parlamentar, que cabia ao líder e ao ministro coordenador. E que não sabe se alguém fazia fora disso. Quer fugir da tese do mensalão.

2. Outra boa pergunta: "Se previa pagar o empréstimo com o fundo partidário?" Delúbio respondeu de pronto: NÃO! Sabe que seria irregular. Pagaria com aumento de outras receitas. Outra boa pergunta e ele tem que dizer, que só com partido formalmente coligado pode passar recursos. E que em 2003 e 2004 em alguns casos, não eram. Por isso são recursos não contabilizados. Aqui a derrapagem é feia. Pois o PT tomou empréstimo para transferir a partidos não coligados. Com isso não poderia contabilizar no PT e teria que fazê-lo com notas frias.

(tarde)

<< Home