Declarações de Dourado! Compare! Aumenta a Certeza de Envolvimento Pelas Contradições


- Desde 2003, não houve nenhum encontro com Palocci e Buratti no gabinete. Eu que cuidava da sua agenda. Não houve - contou.

- O que eu posso afirmar é que sou responsável por cuidar da agenda de trabalho do ministro. Não cuido da sua atividade social, (agenda fora do gabinete). Não saberia responder com precisão.

- O assunto Gtech jamais foi discutido no gabinete do ministro da Fazenda, nem na época da renovação do contrato com a Caixa - afirmou. (Dourado, foi sócio de Buratti em uma empresa de assessoria para prefeituras petistas da região de Ribeirão Preto)

- Depois que vendemos a franquia em que fomos sócios, nunca mais tive relações comerciais com ele. Eu o tenho como amigo. Depois do ocorrido em Ribeirão Preto, (semana passada), não tive mais oportunidade de encontrar com ele.

- Nos encontrávamos nos fins de semana. Conheço o Buratti desde 1990. Ele é meu padrinho de casamento. Conheço toda a sua família, pais, irmãos... Temos uma relação familiar consolidada, que justificava nossos encontros - explicou.

<< Home