Consenso


Conforme já foi antecipado aqui, a proposta do PFL é consenso entre os partidos e deve ser aprovada.

Do site Primeira Leitura


Reforma eleitoral de Bornhausen pode ser encampada

19h55 - Mesmo sem ter tratado especificamente do assunto, a maioria das lideranças da oposição se mostrou, em conversas informais, disposta a aprovar a reforma eleitoral proposta pelo senador Jorge Bornhausen (SC), presidente do PFL. A reforma quer reduzir o custo das campanhas, a partir, de preferência, da eleição do ano que vem. O senador propõe encurtar o tempo de campanha, de 90 para 45 dias, proibir os showmícios e a contratação de artistas e fixar um teto para as doações a candidatos ou partidos – R$ 150 mil para empresas e R$ 50 mil para pessoas físicas.

<< Home