Confusão na CPI


O vice-presidente da CPI do mensalão (deputado Pimenta do PT) seguiu ontem Marcos Valério até a garagem do Senado e conseguiu cópia da "lista-Mourão", aquela que o tesoureiro da campanha do senador Azeredo em 98 - Claudio Mourão - pagou mas para a qual não há recibo.

Há a suposição de que nesta lista se encontram cardeais e Valério disse que só entregava a lista de 79 que tinha comprovantes com ele, mas não a outra, pois seria segredo de Claudio Mourão. Curiosamente, Mourão que vinha processando Azeredo por dívidas, nos últimos dias desistiu da causa.

Vários parlamentares se exaltaram por entender falta de ética do deputado Pimenta que foi atrás do documento privadamente. O presidente da CPI mandou copiar e entregar aos membros da comissão.

(tarde)

<< Home