Coincidências... Demais


A NetCash, empresa aonde trabalhava Ivan Guimarães (antes de ir para o Banco Popular, do Banco do Brasil), era presidida por Mauro Motoryn até o início do governo Lula. No governo Lula, o BB através de Ivan Guimarães contratou, por coincidência, a NetCash (ver nota abaixo).

Mauro Motoryn saiu da NetCash e virou presidente da agência D+ Brasil (do Grupo Total de Eduardo Fischer) que, por concidência, ganhou uma das 3 contas de publicidade do Banco do Brasil. No ano passado saiu da D+ Brasil e foi trabalhar como diretor na agência Ogilvy que também, por coincidência, é a outra agência de publicidade do Banco do Brasil (a terceira, por coincidência, era a DNA de Marcos Valério).

(tarde)

<< Home