Banco Popular - BB


Lembrem-se de Ivan Guimarães -o do apartamento da ex-esposa de Dirceu- e das relações com a NetCash (Ver notas 1 e 2). E Valério! Esse era o banco do Povo do governo Lula. Agora vão emprestar -incríveis 50 reais.

Valor via UOL.

Banco Popular registra prejuízo de R$ 21,9 milhões no 1º semestre

O Banco Popular do Brasil (BPB), subsidiária do Banco do Brasil para a área de microfinanças, registrou prejuízo de R$ 21,977 milhões no primeiro semestre de 2005, segundo o balanço que está sendo publicado hoje. A instituição está refazendo seu plano de negócios e projeta que seus balanços - que estão no vermelho desde a fundação, em 2003 - deverão registrar lucros só em 2008, e não mais em 2006, como antes previsto. O banco teve contratos de publicidade com a DNA, empresado publicitário Marcos Valério, acusado de ser o operador do "mensalão". Em 2004, as despesas com publicidade do Banco Popular somaram R$ 24 milhões, mais que os R$ 21 milhões emprestados ao público de baixa renda do banco.

No início de suas operações, em 2004, o banco concedia um limite automático de R$ 600 para todos os clientes. A partir de fins de 2004, passou a elevar paulatinamente os limites. O novo cliente tem, inicialmente, um limite de R$ 50. Caso se mostre bom pagador, o limite sobe para R$ 100, e assim sucessivamente.

<< Home