Até Aqui Ninguém Estava Contra. Matérias e Matérias Defendiam...


...de repente "O Mercado" se sente incomodado e as críticas aparecem.

‘O crime de quem está no poder é maior’

O Globo - O jurista Ives Gandra da Silva Martins se diz favorável à delação premiada
que ajuda a desvendar um crime, a punir os outros culpados ou a recuperar o produto do delito.

O senhor é favorável à delação premiada nesses casos atuais de corrupção?

IVES GANDRA DA SILVA MARTINS: Sou. Em primeiro lugar, por uma razão muito simples. O cidadão que está na sociedade, sonegou tributos etc., não participa do governo. É um crime não tão grave quanto aquele cometido por quem está no exercício do poder, usar o poder em que ele está representando o povo, para se beneficiar. O crime de quem está exercendo o poder é sempre muito maior do que aquele praticado, em termos do crime do colarinho branco, fora do poder.

(manhã)

<< Home