Alemanha: Eleições


Angela Merkel apresentou ontem um trunfo eleitoral inesperado, ao anunciar que um dos empresários mais influentes do país (o presidente da Siemens durante 12 anos, Heinrich von Pierer, agora na supervisão da multinacional germânica) vai presidir a um Conselho Econômico, que ela tenciona organizar, caso vença as eleições de 18 de Setembro.

O apoio de Pierer surge numa altura decisiva da campanha eleitoral, que tem estado obsessivamente centrada em temas econômicos, sobretudo impostos, segurança social e emprego.

No discurso que proferiu ao apresentar tal conselho, Angela Merkel tentou reforçar a sua mensagem econômica, sublinhando a idéia de colocar a Alemanha na via de uma "competição inovadora". Segundo ela, "não podemos ganhar a competição na Europa e no mundo com empregos de baixos salários, e não o queremos", posto que isso implica que o trabalho terá de ser de maior qualidade do que nos países de salários baixos.

Heinrich von Pierer, por seu turno, explica, num artigo que será publicado esta semana, que a estratégia da Alemanha deverá passar pela "inovação" em setores onde o país tem elevada competência, como nas indústrias automóvel ou aeronáutica, nas ferramentas de precisão ou na óptica. "Esta é a condição necessária para que a Alemanha regresse à elite mundial" e a "chave" da criação de emprego", escreve o empresário.

<< Home