Ainda Mico Leão Dourado


O Globo.

1. Ex-diretores da Leão podem ter delação premiada

A Polícia Civil e o Ministério Público de Ribeirão Preto vão oferecer o benefício da delação premiada aos ex-diretores do grupo Leão & Leão acusados de pertencerem à Máfia do Lixo. No inquérito que apura a formação de quadrilha em fraudes de licitações para serviços de coleta de lixo e limpeza pública em cidades dos estados de São Paulo e Minas Gerais, já há decisão das autoridades de indiciar cinco dirigentes ou ex-diretores da Leão & Leão.

2. O dono da agenda do ministro

O chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Juscelino Dourado, foi um dos poucos assessores que Antonio Palocci levou com ele ao assumir a pasta, em 2003. Segundo o próprio ministro, Dourado é homem de sua confiança e, por isso, trabalha diretamente com ele. Sempre ao lado de Palocci em eventos públicos, Dourado começou a trabalhar com ele em 1993, na primeira gestão da prefeitura de Ribeirão Preto (até 1996). Foi Rogério Buratti quem apresentou os dois. Dourado e Buratti, aliás, são amigos de longa data.


(manhã)

<< Home